CDL NH LAMENTA QUE EMPRESÁRIOS SEJAM PREJUDICADOS COM DECRETO DA BANDEIRA VERMELHA

Para a CDL NH, os empresários estão sendo punidos, injustamente, ao terem que fechar novamente suas portas, agora por conta da bandeira vermelha imposta neste sábado pelo Governo do Estado. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Novo Hamburgo compreende que o município deve combater com afinco o avanço do novo coronavírus. Contudo, a entidade acredita que o fechamento do comércio não é suficiente. “A própria prefeitura comentou que os lojistas estavam respeitando as normas sanitárias exigidas para contenção do coronavírus. Ouvimos do executivo que o maior motivo da disseminação do vírus na cidade era por causa das aglomerações percebidas em práticas esportivas ao ar livre, em ginásios e festas domiciliares. Portanto, o comércio não é o culpado. O foco das aglomerações que precisa ser estancado”, comenta o presidente da CDL NH, Jorge Stoffel, preocupado com o futuro do comércio diante de mais esse fechamento obrigatório.
A CDL NH ainda vai trabalhar para que o executivo reveja as situações que levaram a penalização injusta do comércio. “Agora nos resta nos unirmos, cada um fazer a sua parte, de verdade, para, pelo menos, voltarmos a bandeira laranja. E para isso o distanciamento e as regras de higiene são indispensáveis”, destaca o presidente Stoffel.