Núcleo da Mulher Empreendedora

 

A cada dia mais empoderadas e conscientes da sua capacidade de liderança, as mulheres mostram que o ingresso no mercado de trabalho também passa pela ascensão da sua carreira. Prova disto é o estudo realizado pelo Serasa Experian, no ano passado, apontando que o Brasil conta com mais de 5 milhões de empreendedoras, representando 8% da população feminina no país, o que indica que 43% dos negócios são comandados por mulheres.

Em Novo Hamburgo, de acordo com dados da Prefeitura, 3.988 empreendedoras administram o seu próprio negócio. Atentos a este fato, a direção da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Novo Hamburgo lançou, no dia 14 de abril, o Núcleo da Mulher Empreendedora. Uma iniciativa pioneira e visionária por parte da presidência, visto que o movimento é único no país no âmbito da entidade.

“Esta abertura que estamos proporcionando às mulheres é algo que vínhamos pensando desde que fomos empossados. A sociedade tem que estar inserida na CDL, fazendo com que esta seja mais forte. Então, nada melhor do que trazer um grupo de mulheres para fazer parte da entidade. Acredito que o Núcleo das Mulheres Empreendedoras vai ter muito sucesso e vai dar muito o que falar em Novo Hamburgo”, afirma o presidente Valcir Klein.

A proposta de criação do Núcleo é de autoria da própria presidente do movimento, Viviane Luckmann dos Santos, idealizadora da plataforma de conteúdo Empoderadas e embaixadora da Rede Mulher Empreendedora Escola de Você.

“Participo de muitas redes de empreendedorismo feminino de cunho colaborativo e sinto que em Novo Hamburgo somos carentes deste tipo de ação que envolva as mulheres relacionadas aos negócios. Propus o projeto básico do Núcleo ainda no ano passado, foi aprovado e fomos levando adiante. Acredito que foi bem aceito, pois o evento se fez sozinho”, argumenta Viviane.

Durante o seu pronunciamento para cerca de 200 mulheres presentes no salão nobre da CDL, a presidente do Núcleo afirmou que é preciso deixar de lado a competição para promover uma rede colaborativa. Além disso, o Núcleo deve realizar outros eventos para promoção de networking, palestras e alguns cafés com as empreendedoras.

“Queremos implementar um sistema colaborativo, que envolva tanto as embaixadoras quanto as empresas e as associadas, para que elas possam promover seus negócios”, acrescenta Viviane.

As embaixadoras são outras 12 mulheres que se unem à presidente do Núcleo. Elas representam diversos segmentos de negócios e também serão responsáveis por encaminharem as atividades do grupo.

“Foi com grande alegria que recebi o convite e mais feliz eu fiquei pela CDL abraçar a causa conosco. O núcleo ainda está engatinhando, mas tem um caminho muito longo. Nós pretendemos dividir experiências para acrescentar no conhecimento e fomentar os negócios das mulheres empreendedoras”, relata uma das embaixadoras, Camila Lorenzi Trindade Schmitz.

Com o intuito de fomentar o protagonismo da mulher empreendedora, o evento de lançamento contou ainda com uma palestra de Silvana Bastian, da mais Criativa e Rede BPW, abordando a temática “Desenvolvimento Estratégico de Mulheres no Poder” e um momento de inspiração com a gerente de vendas nacional da Mary Kay, Daniele Fontana.

 

Matéria originalmente publicada na revista Ação Lojista, ed. 30.